Nos caminhos que a vida te leva

Oi!!

Como vão?


Vamos falar de um assunto que amo e faz muito tempo que não falo por aqui?
Autismo!!

Sei que estou publicando pouco aqui e no canal sobre o assunto, me desculpem!
A vida corrida, compromissos múltiplos de trabalho, família e etc andam tomando por demais o meu tempo, mas sei o quanto é importante tratar esse assunto aqui.
Então vou pedir um favorzinho a vocês...
...quando eu demorar para falar de Autismo cobra, puxa minha orelha, chama nas redes sociais, no blog, onde vocês quiserem. Afinal, sinto que já temos intimidade suficiente para isso, pois os considero amigos.

Bom, aqui, graças a Deus está tudo bem, tirando a crise que atingiu todos nós, né gente!?!?

Bruninho indo bem na escola, com sua mediadora Simone que é um amor, a professora da turma Erika, o amiguinho preferido Keivison, a turminha da sala de aula, os profissionais que o atendem na "aula da brincadeira"(terapias), supervisora, diretora, motoristas e monitores do ônibus, cantineiras, secretárias, pessoal da limpeza, enfim, toda turminha da escola que ele estuda.
Muito obrigada por tudo!!Nós amamos vocês!!


Agora,senta que lá vem estória!!

Há 20 anos atrás eu não imaginaria os caminhos que a vida me levaria e que eu me tornaria quem sou hoje.
Primeiro quis ser enfermeira por que gosto de cuidar. Fiz auxiliar de enfermagem, técnico em enfermagem e depois comecei o técnico em enfermagem do trabalho,foi quando descobri que estava grávida.
Passei na seleção para uma grande mineradora aqui de Minas e na última fase fui reprovada pois viram que eu estava grávida de 5 meses.Então resolvi trancar o curso para ter uma gravidez tranquila e nos meus planos eu voltaria quando ele completasse 6 meses de idade.
Voltei foi nada! Rsrs
Me apaixonei por Bruninho e pela maternidade de tal forma que queria me dedicar integralmente a isso e estava feliz da vida.
Mas sentia falta de ter meu dinheirinho e comprei peças de montagem de bijoux e comecei a montar e vender pela internet e entre amigos e parentes.
Passava até madrugadas fazendo flores de biscuit, montando e colando peças de bijoux e amamentando Bruninho.
Ainda tenho as peças de montagem aqui e estou pensando se volto ou não a ser designer de bijoux. Estou estudando meu tempo que anda bem corrido pois os compromissos de blog são muitos e tenho medo de não dar conta.
Andreia Camargo Acessórios

Nos mudamos para nova casa e Bruninho tinha 2 aninhos.
O matriculamos em uma escola particular aqui perto e ia tudo bem até começarem a nos chamar para reuniões e mais reuniões sempre com reclamações.
E no meio dessa bagunça toda resolvi realizar um sonho de ser médica veterinária.Prestei vestibular para uma faculdade particular,passei e comecei o curso.
Arrumei uma pessoa de outra cidade para cuidar da casa e do Bruninho,mas o mais importante era cuidar dele,coisa que descobri pouco depois que ela não fazia.
Resumindo:
Minhas notas iam de mau a pior por não conseguir me concentrar nas aulas e provas preocupada com Bruninho em casa e na escola.
Que mãe eu estava sendo me preocupando só em realizar meu sonho e deixando meu filho de lado?
Acabei trancando o curso.
Sofri? Muitooooo.
Ainda sofro?
Hum, você não viu nada ainda amiga,continua sentada que tem mais estória 

Onde eu estava mesmo?
Ah,lembrei, tranquei a faculdade, dispensei a pessoa que tinha contratado e voltei a cuidar da casa, do Bruninho e das bijoux.
E na escola dele reuniões e mais reuniões, cobranças e mais cobranças, notícias ruins e mais notícias ruins.

Quando Bruninho tinha 5 anos veio o diagnóstico de TDAH ( Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade), mais conhecido por criança hiperativa.

Pela segunda vez lá fui eu tentar realizar o sonho de ser médica veterinária novamente. Prestei vestibular em outra faculdade, passei e comecei o curso e pensei:
 _Dessa vez vai!! 
Que nada menina, estava no 3° período do curso quando a neuro pediatra disse que tinha mais alguma coisa e ainda estava investigando e só aos 6 anos veio o diagnóstico de Autismo leve (que era chamado de Síndrome de Asperger).

Tranquei a faculdade de medicina Veterinária e assim vi esse sonho se afastando cada vez mais, até perceber que se tornou um "sonho" mesmo por que nunca vou realizar.
Sofri e ainda sofro por isso, mas meu filho precisa de mim hoje e faço tudo por ele, mesmo que ele nunca reconheça o que fiz por ele, não importa, não quero nada além de vê-lo bem. 

Hoje administro o Blog, o canal e cuido da casa e da minha família.
Encontrei no blog e no canal uma forma de ajudar pais, amigos, autistas e pessoas envolvidas na causa e me sinto muito realizada com esse trabalho.
Se conseguir ajudar uma mãe com seu filho já me sinto feliz por que sei o quanto é difícil passar por tudo isso sem ajuda alguma.
Falo de outros assuntos aqui também por que trato o blog como se fosse extensão de minha vida e nela não vivo o autismo 24 horas por dia.
Até por que antes do autismo vem a personalidade da pessoa e até acho que é ela que sobressai na maioria das vezes. Mas isso é assunto para outro post.

Concluindo:
Hoje acredito que não temos controle do nosso destino. 
É a vida que nos leva pelos caminhos, nos conduz e não podemos mudar isso.
Olha só meu exemplo.
Eu queria muito ser médica veterinária, amo animais e me via cuidando dos animais. Não imaginava nunca que estaria onde estou, levando a vida que levo hoje. É completamente diferente de tudo que planejei.

Mas qual a lição tirei de tudo isso?
Que esteja onde estiver, fazendo o que for, faça com amor, seja útil, use seu trabalho para ajudar o próximo e seja feliz todos os dias pois não sabemos do amanhã.


Então é isso meus amigos,
espero que gostem da postagem de hoje.
Foi feito com  muito carinho.
Deixe seu comentário!!
Fico muito feliz com a presença de vocês aqui.
Grande abraço a todos!!

 












CONVERSATION

4 comentários:

  1. Sonhos são sonhos e a medida em que caminhamos alguns deles se tornam reais... Acreditar faz parte de todo o projeto de realização!!!Parabéns pela força, pelo seu dinamismo, pela sua determinação, pelo seu profissionalismo. Admiro muito seu trabalho. Como é bom ler as suas postagens... São engrandecedores!!! Felicidades e ainda mais sucesso para sua carreira, e para sua vida!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Simone!
      Vc e toda equipe da escola realizam um trabalho maravilhoso e são anjos que apareceram em nossas vidas.
      Agradeço a Deus sempre e peço que abençoe a vida de vcs!!
      Grande abraço!!

      Excluir
  2. Andréia, uau! Que história!
    Você é uma mulher que é exemplo para nós que queremos (e vamos) ser futuras mamães, amor é isso mesmo, abrir mão da sua felicidade para a felicidade do outro, abrir mão do seu sonho da faculdade de veterinária para cuidar mais de pertinho do seu baby (que é muuuito fofinho!!!)... Estou encantada com seu texto e queria te parabenizar pela sua atitude... Você demonstrou grande amor, e não fala que o seu sonho de ser veterinária não vai acontecer... Quem sabe um dia? rs!
    Parabéns! Amei!

    P.S: Você está linda com o mega hair ♥


    Mundo das Feminices

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Laís,
      fiquei tão feliz com seu comentário.
      Muito obrigada linda!!
      Olha, a maternidade nos leva por caminhos que nunca imaginamos viu.
      Planejei tantas coisas,fiz tantos planos, mas no fim deu tudo errado e tudo certo ao mesmo tempo,rs
      Quanto a veterinária, quem sabe um dia né, sei la.
      Bjs!!

      Excluir

voltar
ao topo